LEVANTAMENTO SOBRE A SITUAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO NO MUNICIPIO DE SÃO GABRIEL

Data: 15/01/13

 

Funcionários da empresa verificam as caixas de inspeção de esgoto

Para atender a solicitação do Ministério Público- Vara especializada em meio ambiente, a São Gabriel Saneamento realizou durante os meses de outubro, novembro e dezembro, levantamentos técnicos na área de abrangência do sistema de esgotamentosanitário sob sua responsabilidade para identificar imóveis que poderiam estar despejando o esgoto diretamente em sangas sem o devido tratamento.Conforme relatório encaminhado ao MP, são mais de 300 imóveis que mesmo com a possibilidade de conexão com a rede de coleta e tratamento, largam seu esgoto direto na natureza, prejudicando o meio ambiente. Com este trabalho, também foi possível identificar mais 350 clientes que utilizavam a rede de esgotamento sanitário da concessionária e não faziam parte do cadastro da empresa e por isso não recebiam nenhuma cobrança, apesar de seu

Levantamento aponta que 300 imóveis poderiam estar conectados à rede de coleta e tratamento de esgoto, mas despejam-no diretamente na natureza. E outros 350 utilizam o serviço, mas não estavam cadastrados na empresa.

esgoto ser coletado e tratado antes de ser devolvido à natureza.

O Diretor da São Gabriel Saneamento, Eng. Leonardo Macedo, garante que o serviço somente será cobrado dos clientes efetivamente conectados ao sistema. Com relação aos demais, que apesar de tecnicamente poderem se ligar à rede e lançam irregularmente seus esgotos sem tratamento nas sangas, a empresa vai aguardar o posicionamento do MP. “O mais importante é que o esgoto de todos os imóveis que podem ser conectados à rede coletora seja encaminhado ao tratamento, evitando assim poluir as sangas”, esclarece o representante da empresa.

 

 

COM A SÃO GABRIEL SANEAMENTO É MAIS BARATO 

Conforme explica o Encarregado Administrativo, Hugo Barros Silva, o valor cobrado pela São Gabriel Saneamento pela coleta e tratamento do esgoto é mais barato do que o cobrado pela companhia do Estado. Nas cidades em que a os serviços são prestados pela Estatal, um imóvel cadastrado na categoria Residencial Básico que tenha consumo mensal de 10m³, pagará R$ 78,47 (R$ 25,30 pelo serviço de esgoto). Já em São Gabriel, com o mesmo exemplo, conta é 13% mais baixa, R$ 67,70 (R$ 23,50 pelo serviço de esgoto).
Veja o exemplo:

 

Residencial Básico

Consumo de 10m³ de água

Coleta e tratamento de esgoto

Valor total da conta

Companhia do Estado

R$ 17,07

R$ 36,10

R$ 25,30
(R$ 2,53 m³).

R$ 78,47

São Gabriel Saneamento

R$ 14,84

R$ 29,40

R$ 23,50
(RS 2,35 m³).

R$ 67,70